Cirurgia de catarata a laser: como é feita?

A cirurgia de catarata é o único método para tratar essa doença com êxito. Por essa razão, diversas categorias dessa operação foram desenvolvidas com o intuito de aprimorar as técnicas cirúrgicas que auxiliam no combate à catarata.

    Dentre as opções, temos a cirurgia de catarata a laser, operação que ganhou mais destaque que o processo tradicional, devido os meios tecnológicos que excluem algumas operações que, de certo medo, causam medo nos pacientes.

Diferença entre cirurgia de catarata a laser e a tradicional

    Uma das grandes razões pela qual muitos optam pela operação de catarata a laser é a diferença operatória entre a cirurgia tradicional e a laser.

    Na operação convencional, o médico-cirurgião utiliza um equipamento de metal para realizar uma incisão nos olhos, com o intuito de romper e remover o cristalino afetado pela catarata. 

    Já na cirurgia a laser, tudo tem início após a criação de uma imagem 3D do olho afetado pela doença. A partir dela, é criado um plano cirúrgico preciso, para, assim, realizar a incisão com o laser, tendo alta probabilidade de autosselagem, reduzindo assim, as chances de uma infecção.  

Como é feito a cirurgia de catarata a laser

    Como citado, a cirurgia de catarata a laser tem seu início marcado pelo mapeamento 3D do olho afetado pela doença, chamado OCT (tomografia de coerência óptica). Logo em seguida, o laser de femtossegundo é utilizado para ter acesso direto à lente turva — local onde se encontra a catarata — através da remoção de uma “camada fina” e clara que cerca os olhos. Esse primeiro passo é chamado de capsulotomia anterior.

    A segunda etapa trata-se exclusivamente da remoção da catarata. Após a capsulotomia anterior, o cirurgião responsável tem acesso direto ao local onde a doença se encontra. O processo a laser amolece o cristalino opaco enquanto o rompe, uma forma de diminuir as chances de queimar e distorcer a incisão. Além disso, também pode evitar complicações, como descolamento de retina, por exemplo.

    Na etapa final, o cristalino que foi removido na etapa anterior é substituído por uma lente para catarata artificial, que irá empenhar o mesmo papel no olhar. Existem diversos tipos de lentes para cirurgia de catarata, porém, cada operação deve utilizar a que melhor se enquadra no procedimento. 

Pós-operatório da cirurgia a laser

    Os cuidados após a operação são diversos. Destaca-se a obrigatoriedade de não coçar os olhos operados, além de dormir do lado oposto ao da operação durante sete dias. É necessário também o repouso relativo, que deve ser mais intenso nos primeiros dias. 

    Óculos escuros são grandes aliados na recuperação, evitando o contato com luz forte, poeiras e ventanias. Utilize-os durante uma semana, sendo necessário de forma constante nos dois primeiros dias, até mesmo dentro de casa. 

    É importante também seguir à risca as recomendações do oftalmologista para a recuperação da cirurgia de catarata, além de tomar os medicamentos nos horários recomendados.

    Caso queira realizar uma cirurgia de catarata em Presidente Prudente, entre em contato com o especialista no assunto, Dr. Danilo Boscoli. 

 

Dr. Danilo Boscoli

CRM: 130.030 | RQE: 68.499

Convênios atendidos:

Onde estamos

Endereço: Rua 7 de Setembro, n. 1390

Vila do Estádio - Próximo Av. Whashington Luiz / Presidente Prudente-SP.

Contato

Telefone: (18) 3203-0204

Whatsapp: (18) 99170-9761

Fale pelo Whatsapp
Agende sua consulta