Lentes de contato

O que é

As lentes de contato são lentes oftálmicas corretivas utilizadas sobre a córnea, para corrigir os erros refrativos, como miopia, astigmatismo, hipermetropia ou presbiopia.

Possui a mesma função do óculos de grau e possibilitam que a pessoa enxergue corretamente. São mais utilizadas em questões estéticas e atividades do dia - a - dia.

Quem deve decidir a opção ideal para o cada caso, é um médico Oftalmologista, pois existem contra- indicações para o uso de lentes de contato.

Tipos de lente de contato

Ao considerar o uso das lentes de contato, o primeiro passo é saber qual material é mais adequado para suas necessidades, já que existem diferentes tipos. Saiba quais são eles:

  • Lentes rígidas: são utilizadas nos graus mais elevados, principalmente nos casos de Ceratocone. O material usado é uma mistura de plástico e silicone, e as suas vantagens são a durabilidade e resistência a bactérias;
  • Lentes gelatinosas: por terem maior quantidade de água, essas lentes são mais confortáveis e maleáveis do que as rígidas. O formato é maior e mais fino, adequando-se com mais facilidade aos olhos. Outra característica importante das gelatinosas é que são produzidas com silicone - hidrogel ;
  • Lentes tóricas: direcionadas para a correção do astigmatismo. Essas lentes possuem curvaturas em vários ângulos, por isso são ideais para corrigir astigmatismo;
  • Lentes multifocais: são capazes de oferecer foco para mais de uma distância sem a necessidade de óculos. Geralmente, indicadas para pessoas acima de 40 anos, diagnosticadas com presbiopia;
  • Lentes terapêuticas: Utilizadas quando o paciente passa por alguma cirurgia refrativa ou outros procedimentos oculares ( abrasões corneanas).Precisam de supervisão do Oftalmologista e não há necessidade de retirá-las para dormir. Costumam ser gelatinosas.

Teste de adaptação

O teste de adaptação de lentes de contato envolve um exame oftalmológico completo com indicação, prescrição, adaptação e controle. Ele consiste em:

  • Medição da curvatura da córnea (Ceratometria);
  • Ocasionalmente é feito o mapeamento da superfície com a topografia e medida da Espessura Corneana (Paquimetria);
  • Refração inicial para determinação do grau das lentes;
  • Colocação de Lentes de Contato de teste baseadas na refração inicial, por 10 a 20 minutos;
  • Nova Refração, com as lentes de contato de teste;
  • Avaliação da adaptação das lentes de contato de teste com o aparelho chamado “lâmpada de fenda”;
  • Modificações na adaptação com base em observações na lâmpada de fenda.

Cuidados

Tão importante quanto conhecer os tipos de lente de contato é saber como cuidar de cada um deles, afinal eles estão nos olhos diariamente. A limpeza é fundamental para evitar a proliferação de microrganismos e, consequentemente, uma possível infecção na região.

A principal recomendação é que, sempre antes de manuseá-las, as mãos estejam bem lavadas e secas. No caso das lentes rígidas, é preciso pingar uma solução e friccionar, tanto a parte de cima quanto a de baixo, com movimentos circulares por cerca de 30 segundos. Após esse processo, enxágue e guarde-as no estojo.

Já nas lentes gelatinosas, que são mais frágeis e delicadas, é necessário usar um produto específico, o ideal é que se friccione, com muito cuidado, por 20 segundos em ambos os lados. Ao terminar, siga o mesmo processo feito para as lentes rígidas.

Dr. Danilo Boscoli

CRM: 130.030 | RQE: 68.499

Convênios atendidos:

Onde estamos

Endereço: Rua 7 de Setembro, n. 1390

Vila do Estádio - Próximo Av. Whashington Luiz / Presidente Prudente-SP.

Contato

Telefone: (18) 3203-0204

Whatsapp: (18) 99170-9761

Fale pelo Whatsapp
Agende sua consulta